Revolução Tecnológica pra boi dormir e gado berrar!


CRÔNICAS DO CHICO.



"Revolução Tecnológica" pra boi dormir e gado berrar! Os trabalhadores ludistas destruíam as máquinas e queimavam as fábricas durante a Revolução Industrial na Inglaterra...a miséria era grande e os operários não identificavam ainda os verdadeiros opressores e exploradores. Atacavam as máquinas. E nós, hoje, como fazer para se apropriar da parafernália tecnológica? Virar hacker? Tocar fogo na WEB? Nos computadores? Ou fazer cursos de aperfeiçoamento técnico do "Novotec", virar "empreendedor", "microempresário" ou "colaborador" das múltis, ser uma "startap", alugar uma franquia da Magalu, da Havan...ou vender chocolates na esquina da Ipiranga com a Av. São João e depois aguardar pela sopa semi aquecida da caridade cristã universal? Acho melhor ser um "voluntário" do "todos pela educação" enquanto amargamos o desemprego? Quem sabe virar político, né Tábata? Talvez seja mais emocionante ser miliciano e combater o tráfico de drogas e armas e vender "gato" e gás no Jacarezinho, não? Ser "aviãozinho" se tornou muito perigoso em tempos que as milícias alçaram ao poder da "República" das elites do atraso. Talvez opte por estudar numa escola cívico-militar, virar patriota, vestir amarelo, que emoção! Ah, Jessé de Souza, Eduardo Moreira, etc., suas explicações me iluminam mas pouco me ajudam derrubar a máfia e a merda do poder. Que faço eu: assisto a "Globo-lixo", a Record ou o SBT? Será que a Band seria melhor? Meu Pai Eterno "Te vê". Tem saída? Aleluia, irmão, Deus há de dar o livramento depois do meu batismo no rio Jordão...no Tietê ainda não dá. Vendo tanta morte nessa pandemia, tanta ignorância e enganação, tantos patifes no poder e a boiada passando e pastando vendada, não me vem a depressão, nem "burn out", nem desespero; o que me vem mesmo é raiva de ver o Neymar levando tanta pancada nessa Copa América. Fico com dó do menino, nosso pupilo e verdadeiro mito, nossa redenção. E ele nem roka mais: cai e geme de dor; coitado! Que exemplo para tantos meninos/as que por ventura escaparem das balas perdidas da violência geral. Mas devo confessar que, às vezes, só às vezes, me vem um desejo esquisito de me suicidar; mas passa logo, viu.


Dizem os padres e pastores que Deus não perdoa os suicidas; é danação eterna. Sai pra lá, tinhoso! Logo volto ao normal: ligo a TV e grito: "Só no nosso"!!! Tomo uma cachaça e canto: "Aqui é Brasil"!


São Paulo, 06/07/2021 -



Prof. Chico Gretter - filósofo, membro da Diretoria da APROFFESP (Obs: isto é literatura, logo, não se refere necessariamente a fatos reais!)

93 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo