top of page

Filosofando bem!!


Joaquim de Gino Netto***



Ai! Ai! Nestes tempos de agitada infosfera, a gente, quem sabe!, se preocupa mais com ela do que com a atmosfera!!


É crivel!!


Em tempos de catástrofes ambientais como estas no Brasil meridional, os estragos causados pela infosfera quiçá são mais (muito mais!) intensos e perversos do que os estragos causados por alterações na atmosfera!!


Prevenir é sempre melhor do que remediar!! Deveras!! Mas, como, eficazmente, poderemos prevenir!!


A ciência, a consciência, a inconsciência precisam estar no tabuleiro para a gente vislumbrar um futuro alvissareiro!!


Qual o papel do filósofo neste mundo com características "sui generis"? Qual o papel da Filosofia?


Se a filosofia almeja a sabedoria, talvez, importante uma reflexão acerca desta. Sabedoria, nada têm a ver com o saber acadêmico, para a Filosofia (com "f" maiusculo)!! Não!! Quem mais conhecem a reserva Yanomami, são os yanomamis, claro!! E nunca frequentaram uma academia!!


E o conhecimento? Importante? Sim, mas não tem nobreza filósofica!! Desvendar algo que já existe (conhecimento) não deixa de ser, deveras, interessante, mas, é pouco. Muito pouco!


Importante mesmo, nobre mesmo, é CRIAR, PENSAR, FILOSOFAR...


De repente, algo até então inexistente, inimaginável vem a tona, a baila!! Uma criação, inovação de quaisquer natureza aí sim, precisamos "tirar o chapéu"!!


Os filósofos Spinoza Nietzsche, dentre outros e outras, concordemos ou não, aqui não entro no "meritum causae", criaram, inovaram. Isaac Newton, no século XVII, com a Lei da Gravitação Universal, inovou, criou. James Watson, Francis Crick, Rosalind Franklin na década de 50 e incipiência da década de 60 do século XX criaram, inovaram ao esclarecer, demonstrar, a estrutura molecular do material genético (DNA). Criar, pensar é, pela própria natureza, algo revolucionário, a meu juízo.


Voltando aqui ao "filosofando bem" (título deste texto)...


Dissecar, ir às entranhas do pensamento de Spinoza, Henri Bergson, Nietzsche... é, claro! importante, a gente adquire conhecimento, todavia, mais importante é, quem sabe, supera'-los. Ou seja : Criar, pensar, inovar hoje nesta turbulenta infosfera, atmosfera... Aqui que eu quero ver, cabra da peste, se nesta infosfera, atmosfera tu és, deveras, fera!! Aqui, almejo a ver se, deveras, tu és um amigo da sabedoria, se tu estás filosofando bem!! Sejas tu, hoje, o que o Spinoza foi no século XVII. Inove! Crie!!




Joaquim de Gino Netto - Médico, Advogado e Filósofo.

290 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


naoperes
naoperes
Jun 09

Que conversa boa, Joaquim! Num país tão diverso de heranças culturais, temos mesmo que buscar, criar, inovar em termos de sabedoria! Em termos de Filosofia!!!

Like
bottom of page