Nota em apoio ao professor e deputado estadual CARLOS GIANNAZI


Por: APROFFESP & APROFFIB .




Nota em apoio ao professor e deputado estadual CARLOS GIANNAZI


No último dia 08/05/21, Carlos Giannazi foi retirado abruptamente da Comissão de Educação da ALESP pelo presidente da Casa, deputado Carlos Pignatari (PSDB), do mesmo partido de João Dória, numa atitude claramente autoritária de retaliação pela militância de oposição exercida há 16 anos pelo deputado do PSOL, inclusive como membro da referida Comissão.

O deputado Carlos Giannazi é professor, diretor de escola pública, mestre em educação, possui um longo histórico de lutas na área, foi o deputado mais votado da oposição nas duas últimas eleições e o terceiro mais votado em 2018. Seu mandato possui representatividade em todo o estado, um mandato coletivo que sempre atuou em defesa da educação pública, esteve ao lado dos profissionais da educação, que fiscaliza o Poder Executivo, fazendo críticas ao governo tucano e denunciando a falta de uma política educacional que de fato valorize a escola pública e os profissionais da educação.

A representatividade de seu mandato é incontestável, tendo sido o deputado de oposição mais votado nas últimas eleições e o terceiro mais votado dentre todos/as os eleitos/as. Não há dúvidas de que se trata de perseguição política, uma retaliação covarde ao mandato do incansável lutador, deputado e professor Carlos Giannazi. Ao fazer isso, o deputado Carlão Pignatari mostra a importância e a relevância do mandato de Giannazi e o medo do governo de sua atuação aguerrida em defesa da educação pública e dos direitos dos trabalhadores da educação em nosso Estado. É lamentável que isso esteja acontecendo, o que mostra uma tentativa baixa de calar o PSOL e os que lutam pela educação na maior casa legislativa da América Latina.

Cumpre ressaltar também que o professor e deputado Carlos Giannazi sempre esteve presente em nossas lutas não só em defesa da educação pública e dos educadores de nosso Estado, mas também da luta dos educadores do Brasil contra os ataques do atual governo federal, cuja desvalorização e perseguição nunca foram tão brutais em nossa história.

Repudiando a perseguição política contra o professor e deputado Carlos Giannazi - PSOL/SP é que a APROFFESP, que sempre contou com o apoio do mandato deste deputado em suas lutas em favor da Filosofia e da Educação, vem aqui apoiar e exigir que o mesmo seja imediatamente reintegrado à Comissão de Educação da ALESP, em respeito à sua representatividade e à proporcionalidade a que tem direito o PSOL – Partido Socialismo e Liberdade que possui quatro deputados/a eleitos/as na última eleição estadual.

#Fora inimigos da educação! #ForaBolsoDória! #Abaixo a escravidão!


São Paulo, 13 de maio de 2021.



DIRETORIA DA APROFFESP & APROFFIB

315 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo