PROBLEMAS NOS PAGAMENTOS DE MUITOS PROFESSORES/AS DO ESTADO.


PROBLEMAS NOS PAGAMENTOS DE MUITOS PROFESSORES DE SÃO BERNARDO DO CAMPO*...

Professores efetivos em exercício nas escolas da rede estadual de ensino, tiveram o pagamento de sua remuneração reduzido por falhas da Administração Pública, com erros sucessivos, sem solução desde o início do ano letivo.

Os profissionais participaram de uma atribuição de aulas ainda no ano de 2021 com a escolha das aulas que ministrariam em 2022. Sobretudo para os professores que tiveram atribuídas aulas do chamado “novo ensino médio”, não havia um código correto para lançamento dessas aulas e com isso iniciou uma verdadeira saga que desencadeou a redução da remuneração dos docentes.

Iniciado o ano letivo em 26/01/2022 os professores retomaram suas atividades cumprindo jornadas de até 40 horas semanais, mas, estão recebendo cerca de metade da remuneração que lhes é devida.

Além da redução da remuneração de forma sensível, houve também desconto dos vencimentos recebidos nos meses de fevereiro e março, também em consequência desse erro.

Mais de três meses de trabalho e os erros persistem !! Professores trabalhando em tempo integral, sendo remunerados apenas parcialmente.

A APEOESP vem cobrando providências de todas as autoridades regionais responsáveis, seja na escola, seja na Diretoria de Ensino e mesmo na Secretaria da Fazenda, mas, a resposta mantém-se a mesma: é necessário aguardar.

As contas não esperam, os juros e multas sobre os encargos pessoais dos trabalhadores não são compreensivos. Além de toda a situação humilhante dos professores que estão se dedicando à nobre tarefa de ministrar aulas, sem receber a remuneração devida não será recomposta. Não há previsão para regularização da situação.

Encaminhamentos jurídicos estão sendo feitos, inclusive com a propositura de diversas ações judiciais, mas, é preciso denunciar esses erros, a ineficiência da administração e desvalorização dos profissionais que estão a se dedicar para um ensino de qualidade, apesar de todas as mazelas do serviço público. O docente só percebe quando vem o pagamento reduzido. Nestes casos orientamos procurar a APEOESP imediatamente para fazer os devidos encaminhamentos jurídicos.


Qualquer dúvida entre em contato no telefone (11) 4125.6558.


Nosso endereço Rua Joao Mitestainer, nº 62, Nova Petrópolis, São Bernardo do Campo, SP.



Coordenação da subsede da apeoesp/sbcampo.

265 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo