top of page

Eu pensei que todo mundo fosse filho de Papai Noel.


Aldo dos Santos***


Eu pensei que todo mundo fosse filho de Papai Noel.

Do Tanquim em Mesópolis tenho um registro que é próprio de crianças, mas me atormenta até os dias de hoje. Era natal e existia um clima de festa e alegria por toda parte.

O comentário era um só, de que deveríamos deitar cedo, antes da meia noite, colocar o chinelo no pé da cama, onde papai Noel iria colocar o presente.

Lembro-me que fui dormir cedo, no dia vinte e quatro, e, na manha seguinte acordei alegre, pulei da cama, olhei para os chinelos, e qual não foi minha tristeza ao constatar que não havia nenhum presente sobre ele.

Chorei bastante e minha tia, tentando me consolar, disse que o papai Noel vinha a cavalo e, naquela noite, não tinha passado naquela região, por isso o presente não chegara.

Ainda creditava em papai Noel, tomei um pouco de café e fui à estrada ver se havia rastro de casco de cavalos. Era só o que havia, pois o meio de locomoção naquela região era o animal. Voltei e perguntei pra minha tia como era o casco do cavalo do papai Noel, ela me olhou triste e disse que era um cavalo bonito, grande e carregava muito peso. Despistei e fui verificar se a minha tia estava falando a verdade. Foi um espanto, mas descobri que papai Noel não visitava as casas das crianças pobres, embora as promessas fossem grandes e enganadoras.

A partir desta data, passei a não acreditar mais em papai Noel, pois na verdade fiquei olhando outras crianças brincarem e o meu pai não tinha condições de comprar um presentinho para colocar no meu chinelo.

Foi um choque em minha vida. Entendi o que dizia a música “Eu pensei que todo mundo fosse filho de papai Noel”. No natal nossa família ia para a casa do Tio Antônio e, no ano novo, todos vinham para nossa casa. Era comida e bebida à vontade, enchíamos a cara numa alegria e felicidade passageira.

Crônica do livro “Memórias de INFÂNCIA”, do Escritor Aldo Josias dos Santos, páginas 28/029.



123 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 comentarios


Aldo Santos
Aldo Santos
25 dic 2022

Valeu Joel, pelo comentário. Vamos marcar qualquer dia para tomarmos um café e discutir politica.

Me gusta

Joel Pinto
Joel Pinto
25 dic 2022

Muito bom meu camarada eu também pensava que era desse jeito más só que a realidade é bem diferente passei por isso também só depois que cresci que eu percebi que tudo isso é para os ricos e não para os pobres até mais á luta continua sempre

Me gusta
bottom of page