Essa elite branca brasileira...




Por :Joaquim Netto .


A propósito....


A manifestação do general Eduardo Villas Boas de que o Alto Comando do Exército Brasileiro (Estado Maior) pressionou o STF quando do julgamento do HC do Lula em 2018...


Algumas considerações:


- O Exército monitora de fato todos os governos federais desde 1870 (epílogo da guerra do Paraguai). A Aeronáutica (e, portanto, as Forças Armadas surgiu somente na década de 40 do século XX).

A Vitória da Aliança Liberal (1930) somente foi possível por que Getúlio Vargas tinha ascendência no Exército Brasileiro. Teve apoio de alguns "tenentes" : Cordeiro de Farias, Eduardo Gomes... Só não do capitão Luís Carlos Prestes que recusou o convite. O general Benjamim Vargas (o Bejo) esteve escorando o irmão até o último momento, inclusive esteve envolvido no famoso atentado do Rio de Janeiro contra Carlos Lacerda onde também participara Gregório Fortunato.

Quem garantiu a posse do JK foi o general mineiro Henrique Teixeira Lott.

A partir da segunda guerra mundial, criação da ESG - Escola Superior de Guerra - que funciona até hoje no bairro da Urca - Rio de Janeiro- RJ, o Exército brasileiro estreitou-se relações com o Pentágono - EUA, CIA... "Cold War" - Guerra fria. Veio 64, depois a Nova República... FHC, Lula ... As Forças Armadas (sobretudo o Exército) monitorando tudo. Eles, deveras, se julgam os "donos" deste país. Aliás, a canção (hino) do Exército Brasileiro começa exatamente assim:


"Nós somos da Pátria, a Guarda..."!!


Aguardavam eles (os militares) somente uma oportunidade para retomarem formalmente o Poder. E isso ocorreu com o apoio da CIA, uso de "lawfare", ... Hoje, temos um governo fascista de extrema direita com forte apoio das Forças Armadas, de setores importantes da elite branca e dos EUA (Não importa o governo se democrata - Joe Biden ou republicano)... Finalmente o Exército brasileiro retoma, consoante as "regras" do jogo (Não tinha clima para ser diferente!) o Poder político do Brasil.


O serviço de inteligência do Exército sabe perfeitamente a força popular de Lula. Se não tivesse entrado em campo, não teria elegido o Bolsonaro. Não por acaso, disse Bolsonaro, quando da posse ao general golpista Eduardo Villas Boas:


"Não fosse você, não estaria aqui.."!!!


Vê-se mesmo que, nos porões, o "jogo" é mais duro do que, muitas vezes, a gente imagina...


Todavia, a gente precisa lutar para que o Estado de Direito Democrático prevaleça. Sempre!! Que o Estado precisa representar a nação (o povo brasileiro).


Esse general Villas Boas, no momento com ELA - esclerose lateral amiotrófica), cá pra nós: é mesmo um "cara de pau"!! Parafraseando Caetano : "Ou não"!! Apenas vocalizou mesmo o sentimento do Alto comando do Exército. O mais provável!!



Joaquim Netto!!

56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

@ 2020 ABC DA LUTA 

OS TEXTOS PUBLICADOS SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES