top of page

A continuidade do golpe.


Aldo dos Santos***


Quando em 2016 golpearam e arrancaram a Dilma do governo, o plano dos fascistas era consolidar e avançar a dominação de classe no Brasil. Mesmo perdendo as eleições, eles não reconhecem o resultado e tentam aprofundar o golpe impondo pela força outro golpe dentro do golpe e outros turnos teremos.


Já no dia da eleição eu chamei atenção para o prenúncio do golpe com as operações da polícia federal rodoviária ao tentar impedir o voto dos nordestinos.


Governo, forças militares, paramilitares, milicianos, empresários e neofascistas organizam os bloqueios e clamam pela intervenção militar já.

Cabe aos trabalhadores, às forças populares, revolucionárias e socialistas organizarem a resistência, garantindo o resultado das eleições, a diplomação, a posse em primeiro de janeiro de 2023 e a governabilidade de Lula.


Avançar para o socialismo é preciso!


Vamos organizar os comitês de resistência já!



Aldo dos Santos - Militante do movimento sindical das entidades de filosofia (Aproffesp e Aproffb) e militante do Psol.

244 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 commentaires


Iepa Birú
Iepa Birú
06 nov. 2022

Articulações fascistas?

J'aime

naoperes
naoperes
01 nov. 2022

Os fascistas conseguiram movimentar e chamar a atenção para vinte estados brasileiros. Foi preciso a intervenção das instituições superiores para conter os golpistas. A criação de comitês é fundamental para garantir a posse e depois a governabilidade!

J'aime
bottom of page