top of page

Proposta de resolução ao Diretório Municipal de SBC.


O PSOL de São Bernardo e todo o conjunto de sua militância está empenhado em, cada vez mais, se organizar e se fortalecer para o enfrentamento das questões sociais em uma cidade governada por um prefeito autoritário sustentado por uma aliança de direita, cega aos interesses da maioria de sua população, que mora nas periferias da cidade.

Nesse sentido, aprovamos em 2023 resolução encaminhando candidatura majoritária própria na cidade. Apesar dos esforços das correntes e agrupamentos que compõem o diretório, não conseguimos viabilizar uma candidatura que pudesse levar o partido a um patamar de disputa, tanto com o petismo quanto com a direita.

Apesar disso, seguimos fortes no trabalho de composição de uma chapa proporcional competitiva que alavanque nosso resultado eleitoral para que finalmente o partido conquiste na cidade uma cadeira no legislativo municipal.

A chapa do PSOL deve refletir o próprio partido e a sociedade, deve ser ampla, representativa e com muita diversidade, garantindo a presença de todas as lutas e de todos os setores.

Nesse particular, nos preocupa a posição da Justiça Eleitoral, que no interesse da burguesia, tenta causar empecilho ao pleno exercício dos direitos políticos do camarada Aldo Santos. O PSOL de SBC, deve institucionalmente se posicionar contra a injusta condenação e defender o pronto restabelecimento dos direitos políticos de Aldo.

A disputa eleitoral de 2024 se dará novamente em ambiente fortemente polarizado com o bolsonarismo e o neo-fascismo e a direita de São Bernardo se aproxima cada vez mais desse nefasto setor político.

A necessidade do combate sem tréguas ao projeto fascista, que levou o PSOL, a apoiar Lula desde o primeiro turno, impôs a todo o campo progressista a necessidade de unir forças, levando o PT, pela primeira vez em sua história, a abrir mão de candidatura na maior cidade do país (São Paulo) para apoiar a candidatura do PSOL.

Considerando nosso estágio de construção e organização, considerando a conjuntura que exige respostas firmes ao horror do fascismo, considerando a necessidade de garantirmos nossas primeiras cadeiras no legislativo municipal para o enfrentamento das lutas na cidade, o Diretório Municipal do PSOL de São Bernardo do Campo, resolve:

1- Supressão da resolução aprovada em 2023 propondo candidatura própria.

2- Nomear uma comissão (ou atualizar a comissão eleitoral) com representação de todas as forças do diretório, para abrir diálogo com a Rede Sustentabilidade (nossa federação) no sentido de construir uma carta programática a ser apresentada ao PT para avaliarmos o apoio à candidatura petista na cidade.

2-a Depois de composto o documento com a Rede Sustentabilidade, a executiva do Diretório Municipal deverá avaliar e submeter o documento à aprovação. E em caso de aprovação, iniciaremos um diálogo institucional e programático com o PT da cidade.

2-b A comissão deve também cuidar da construção de uma chapa de candidaturas proporcionais ampla, competitiva e diversa.

3- O PSOL de SBC deve condenar publicamente a injusta punição da Justiça Eleitoral contra Aldo Santos e, dentro de nossas possibilidades, se empenhar em garantir o restabelecimento pleno de seus direitos políticos.


Resolução aprovada em 25/02/2024

149 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page