VITÓRIA DO POVO CHILENO: OUTRO EXEMPLO A SER SEGUIDO.


Enquanto no Brasil virou presidente um representante da ditadura militar implantada em 64; defensor de torturas, assassinatos e outros crimes cometidos pelos agentes de tal regime; defensor de Pinochet, chefe da ditadura chilena e seus genocídios; defensor, enfim, de todas as ditaduras implantadas na América do Sul com apoio dos Estados Unidos - os povos do Uruguai, Argentina e Chile têm comemorado punições de agentes das ditaduras de que foram vítimas; conseguindo, inclusive, a prisão dos criminosos mais destacados, como Videla, ditador militar argentino, e outros.


Infelizmente, os brasileiros não recorremos a mesmo caminho. Nenhum criminoso da ditadura foi condenado, preso, em nosso país.

Demos um péssimo exemplo. O que abriu espaço para a tragédia de 2018, ponto culminante do golpe de 2016.


Mas agora podemos nos espelhar nos últimos exemplos históricos dos povos boliviano e chileno. O boliviano, ao derrotar um golpe, através de uma vitória eleitoral esmagadora, resultado de grandes lutas populares nas ruas; e o chileno, ao derrotar uma constituição da era pinochetista, sempre usada por governos de direita contra a democracia e o povo.


Que todas as forças de esquerda, de centro-esquerda do Brasil se unam para derrotar o seguidor máximo de Pinochet no Palácio do Planalto.


Alberto Souza- Ex-vereador em SBC, militante do movimento sindical.

20 visualizações

@ 2020 ABC DA LUTA 

OS TEXTOS PUBLICADOS SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES