Todos e todas a Ágora da Batalha da Matrix !!!


Por: Aldo dos Santos*...



ÁGORA DA MATRIX...



Toda terça feira por volta das 19 horas, centenas de jovens das mais variadas regiões empobrecidas da cidade se encontram na praça da matriz em São Bernardo do Campo. Um espaço de liberdade e empoderamento do espaço físico urbano, embora, frequentemente reprimidos pelos agentes da repressão institucional. Rola todo tipo de troca e cultura das mais variadas camadas sociais e faixa etária cidade e região. É nesse contexto que procuro denominar de Ágora da Matriz. O conceito de ágora vem do mundo grego "ágora (ἀγορά; "assembleia", "lugar de reunião", derivada de ἀγείρω,

"reunir") é um termo grego que significa a reunião de qualquer natureza, geralmente empregada por Homero como uma reunião geral de pessoas”.( https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81gora).


Nas Ágoras Gregas também existiam as mais variadas trocas culturais, comerciais e profundas reflexões filosóficas, ainda pressentes nos dias atuais. A diferença é que naquele momento as praças públicas eram ocupadas pela Aristocracia Grega, sustentada pela imposição escravagista, e hoje, a garotada periférica, pobre, negra e excluída exigem o direito a cidade, tomando livremente a Ágora da Matriz para filosofarem nas batalhas culturais, como expressão da repulsa opressora do cotidiano capitalista. Todos tem o direito à cidade e o poder público e religioso deveria expressar um sentimento acolhedor e protagonista de uma juventude que desafia os opressores, lutando pelo direito aos bens culturais produzidos, material e imaterialmente. Destacamos ainda a inovadora prática de distribuição e socialização de livros a juventude que tem sede e fome de conhecimento alternativo. Essa troca é fundamental no processo de formação e interação cultural de todos e todas em todas as épocas. É preciso resistir, pois se na Grécia Antiga o filósofo Sócrates foi morto pela defesa de seu método de diálogo e respeito aos escravos, as mulheres, aos estrangeiros a juventude e aos opressores da época, nos dias atuais a juventude constrói lindamente seu mundo de liberdade, igualdade e revolucionário, ao arrepio das leis ditadas pelos históricos opressores da classe.

Este é o chamado:“Organizar a esperança,

Conduzir tempestades,

Romper o rumo das noites.

Construir, sem pedir licença, um mundo de liberdade!”

(Pedro Tierra)


Todos e todas a Ágora e a Batalha da Matrix!!!


São Bernardo do Campo, 29/09/2015.

Aldo Santos- Ex-vereador em SBC, Presidente da Associação dos Professores de Filosofia e Filósofos do Brasil e da Executiva da Intersindical-Central da Classe Trabalhadora.



Caro Aldo,


Amei o seu texto e, ao término da leitura, fiquei pensando o quanto seria legal se ele fosse publicado no blog O Lugar Escrito. Trata-se de um blog criado a partir das nossas reflexões nos encontros do Fórum Permanente de Debates Culturais do ABC, que acontecessem mensalmente nas dependências da Livraria Alpharrábio, em Santo André.

Tempos atrás, debatemos sobre os encontros semanais da Praça da Matriz, os quais, aliás, considero o que há de mais interessante que a nossa juventude da cidade vem realizando.

Abaixo, segue o link do nosso blog. Somos um grupo que se reveza em escrever artigos e comentários sobre os mais diversos temas voltados ao universo da cultura, mas gostamos de postar assuntos interessantes escritos por quem não é membro do fórum.

Se você concordar com a postagem, favor me dar o ok, que eu o envio a Dalila, a coordenadora do fórum.


Grata.Bj


Neusa Borges, agente cultural Seção de Patrimônio de SBC

183 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo