top of page

TEATRO INVISÍVEL?

Atualizado: 22 de fev. de 2023


No dia 11 de fevereiro de 2023, São Bernardo do Campo acordou mais triste.


Tratores e maquinários, a mando do prefeito da cidade, foram ao Conjunto Habitacional Três Marias, derrubar - sem consultar os moradores -, o único teatro da região dos Bairros Alves Dias e Cooperativa, que estava desativado, há anos, devido a um incêndio.


Sem a reforma necessária, o prédio que está virando escombros, fazia parte do complexo do CEU Celso Augusto Daniel.


O teatro tinha como objetivo atender a demanda cultural da região, que conta com cerca de 59 mil habitantes.


A justificativa para tal absurdo, segundo o prefeito, é a construção de novas salas de aula, afinal as periferias vivem de falta. O valor dessa reforma será de 25 milhões de reais.


Diante dessas informações, surge uma pergunta: será que não seria possível construir salas em um outro espaço do complexo do CEU e realizar a reforma do teatro para a comunidade, levando em consideração que educação e cultura são irmãs e devem andar juntas?


É essa a política que está sendo imposta pela administração - que não ouve a população, que escolhe por ela. Que que viola leis dando continuidade ao apagamento cultural nas periferias. Pois é um direito Constitucional (nº 8.069) o acesso à cultura à infância e adolescência. Se o estado não respeita nossas crianças e adolescentes, quem ele irá respeitar?


Diante desse descaso e absurdo, nós, moradores, fazedores de cultura, criadores de sonhos, resolvemos criar o FESTIVAL DO TEATRO INVISÍVEL e oferecer à população o que o estado está se negando a dar: acesso à cultura.

No dia 19 de fevereiro, em frente ao que restou do teatro Celso Daniel, artistas de diversas linguagens (música, dança, teatro, fotografia, artes plásticas) irão se reunir para fazer das ruas o seu palco.


Reivindicando espaços - que o estado nos nega - de encontros, afetos e trocas de saberes.


Venham, tragam amigos, mães, pais, crianças, jovens, idosos... nossa arte é para todos e todas!


Acompanhe a programação, nos vemos lá no domingo próximo!!!


PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO FESTIVAL


10h | Fala 1 + Abertura com som na caixa


10h30 | Palhaça Thalita (circo)


10h50 | Mendz (trap)


11h10 | Calibres (rap)


11h30 | Coletiva Sofá Sem Pé (dança)


11h50 | Fala 2


12h10 | Victoria Marques + Rafa Show (dança + circo)


12h20 | Danke (rap)


12h40 | Versos Polêmicos, Robert William & Armamento Sonoro (rap)


13h | MGO (rap)


13h20 | Fala 3


13h30 | Forró pé de serra


13h50 | Rafavela (rap)


14h10 | Nawe (rap)


14h30 | Fala 4


14h40 | Samba raiz


15h | Batalha da Matrix


16h | Fala 5 + Encerramento


AGRADECIMENTOS: à todos moradores do bairro Cooperativa & Alves Dias que apoiam essa causa, MLB, MST, UP, MOB - Mobilização Social, MPR - Movimento de População de Rua do ABC, Núcleo Camisas 13 - PT, Comitê Montanhão, Setorial Território Alves Dias-do Plano Municipal de Cultura de SBC, Setorial de Cultura do PT SBC, Fórum Livre de Combate ao Racismo de SBC, Coletivo REDHUTOS, Setorial de Cultura do Montanhão, Projeto Meninos e Meninas de Rua, Instituto Cativar, Cursinho Popular Marielle Franco, Ateliê Cafezal, Batalha da Matrix, Associação de Moradores Três Marias, Subsede da Apeoesp/SBC, Coletivo Tocah, Paulestinos.





ATENÇÃO: CURTIR, COMPATILHAR E COMENTAR NESTE ESPAÇO PARA CONHECIMENTO DO/A AUTOR/A OU CONSIDERAÇÕES SOBRE O TEMA. COMUNICAÇÃO ENGAJADA É TAMBÉM TRIBUNA DE DEBATE E DENÚNCIAS RESPONSÁVEIS.

304 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page