top of page

Proteção Animal e Abandono


Elaine Camilo*



A Proteção e defesa dos animais é uma seara complexa e de muitas ramificações. Muitas pessoas militam e lutam diariamente pela vida dos animais e aqui vamos pensar especificamente na proteção de cães e gatos no meio urbano. Na capital de SP, ABC paulista e toda região metropolitana já há esforços para que se implemente políticas públicas como a verba para castração e instalações minimamente razoáveis dos CCZs, o centro de controle de Zoonoses. Para começar, centro de controle de Zoonoses não tem nada a ver com a Proteção, mas as prefeituras só oferecem esses espaços, o que já dificulta tudo, porque ali os profissionais não estão preparados para cuidar de cães e gatos, assim, as ONGs e protetores independentes se mobilizam para melhorar essas condições. Em São Bernardo do Campo, houve essas melhorias ao longo de anos e de muita luta até que foi disponibilizada uma verba para castração com organização e distribuição das ONGs e Protetores independentes. Essa verba se manteve ativa por anos até o atual governo assumir a prefeitura.

Com essa verba, as ONGs e protetores independentes conseguiram atingir um ponto de certo controle de animais abandonados, a situação caminhava para que pudéssemos ampliar as conquistas, mas com o advento da atual administração, voltamos a estaca zero, a verba foi cortada sumariamente. E mesmo com o título de "Administração Animal", não conseguimos nada, a não ser um castra-móvel que apresenta restrições e é totalmente ineficiente e não chega nem perto de atender a enorme demanda do município. A administração divulgou inauguração de um Hospital Veterinário no espaço do CCZ, o que é algo totalmente absurdo, porque o espaço continua o mesmo, é apenas um centro de controle de Zoonoses e não um hospital veterinário.

Então entramos numa era de Trevas para a Proteção, o abandono aumentando exponencialmente e os protetores contando apenas com seus próprios recursos e com ajuda de simpatizantes da causa, o que sem dúvida alguma, aumentou todos os problemas.

Chegamos assim em 2023, sem o mínimo recurso para a Proteção e com um número enorme de animais abandonados e protetores lutando para serem ouvidos. O Hospital Veterinário permanece sendo apenas um sonho distante e políticas públicas de conscientização também são apenas teoria. São Bernardo é município importante do ABC paulista e rico o suficiente para oferecer apoio nesse sentido. Até quando?




Elaine Camilo, professora da rede estadual de ensino de SBC, militante da causa animal

68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page