Os Brancos não percebem...


Professor Fagundes*


Realidade Negra.

A realidade do negro no Brasil é totalmente contrária à intenção de alguns, e mesmo essas pessoas com boas intenções, não estão numa situação que possibilite tomar decisões para provocar qualquer tipo de mudança, mesmo com tantos esforços, para gerir a “aproximação” branca com negros, aproximação dessas pessoas que os brancos classificam como cidadão de terceira classe ou como inferiores.


Os negros que foram trazidos para esse país tiveram seus nomes, línguas, culturas, religiões e Deuses extirpados e totalmente retirados de suas histórias. Os negros são pessoas que não usam os próprios nomes, não falam a própria língua, falam o inglês, francês, português... Nunca lhe foi permitido ter sua própria expressão cultural da África.


Os Brancos não percebem, ou não querem perceber, que quando mudamos tudo em uma pessoa e as vendemos, e não vendemos por um dia, por uma semana, um mês, um ano, mas por mais de 300 anos, quando isso ocorre, é negado o direito humano de aprender, de desenvolver o próprio conhecimento, é negado o direito de ler um livro, de entender sobre as coisas, de ter acesso à educação, e depois de 380 anos, os brancos lhes permitem entrar nas suas igrejas, por exemplo, mas lá, eles já pintaram Jesus, seu Deus, seus santos e anjos de branco, e toda a nação negra foi submetida a uma forma de supremacia branca que produz uma inferioridade negra. Isso cumpre o que Jesus disse, “como imaginou no seu coração, assim ele é”. Enquanto o povo negro pensar como pensa, nunca será capaz de fazer o que precisamos como um povo para corrigir sua condição aqui.


Vejo pessoas brancas dizer ter medo da violência que os “negros” proporcionam. O mais interessante nessa forma de pensar é que na verdade os negros são as vitimas.


A comunidade negra não tem histórico de violências contra os brancos, é o contrario. Não foram os negros que mataram seis milhões de judeus, não foram os negros que escravizaram e assassinaram os povos indígenas, não foram os negros que invadiram o continente africano, matando, escravizando, estuprando e roubando o povo africano. Esse histórico de violência contra outros povos é único e exclusivamente do povo branco.


Foram os brancos que escravizaram e assassinaram mais de quatro milhões de negros. Acabaram com famílias inteiras, gerações foram dizimadas, culturas anuladas, povos e nações inteiras simplesmente sumiram. Portanto, os negros que devem temer os brancos, o negro que deve mudar de calçada quando ver um branco, o negro que deve esconder a carteira quando ver um “político branco”.


Na verdade o que os brancos temem é a grande culpa que carregam e por isso sofrem com esse medo, temem que se a comunidade negra tiver poder e organização fará a eles, seus pais e sua família o que eles e seu povo tem feito aos negros. Os brancos os jugam os negros pela maneira como os brancos pesam, e não pela maneira como os negros pensam.

Professor Fagundes

74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo