top of page

"O risco chamado Bolsonaro".


Eliana Raise***


Amigo que ainda não se decidiu, bom dia! O meu objetivo nessa mensagem não é convencê-lo a votar no meu candidato, mas agregar conhecimentos à sua escolha. Um regime republicano funciona a partir da divisão dos três poderes: Executivo, legislativo e judiciário. A democracia só estará garantida se esses funcionarem de forma independente e com autonomia em relação aos demais. Então, o grande risco que ora se apresenta caso Bolsonaro vença é o fato de que nos próximos quatro anos, duas vagas do STF serão ocupadas por membros nomeados por ele que já nomeou Kassio Nunes e André Mendonça. Teremos quatro membros no total de onze, nomeados por ele. Veja, mais dois votos de outros ministros e ele vencerá toda e qualquer pauta sobre investigações da sua família, costumes/moral e toda questão judicializada. O Congresso elegeu membros como Damares, Ricardo Salles, Mourão, Sérgio Moro e, facilmente, aprovará todo projeto enviado por ele. Há mais de quinze mil militares nomeados por ele em diferentes órgãos do primeiro ao terceiro escalão do governo. Isso é por acaso? Não! Falas como: "-Para fechar o STF só precisamos de um cabo e um soldado", indicam as suas reais intenções. Desde maio, circula a informação de que o atual ocupante do Planalto, aumentará de onze para quinze os membros do STF, ou seja, pretende ter maioria no Supremo (Hugo Chavez fez isso). A democracia corre risco. Estou querendo te assustar? Sim, porquê estou em pânico. A disputa não está entre PT e PSDB como antes, nem sobre direita ou esquerda, mas entre um modelo de governo democrático que nunca ameaçou fechar as instituições e outro que demitiu delegados da polícia federal para não investigarem seus filhos no escândalo das rachadinhas. Nomeou o Augusto Aras como Procurador Geral da República que engavetou mais de vinte pedidos de investigação sobre o seu governo. Ele está aparelhando todos os poderes para dar um golpe nos demais poderes. Percebe o momento histórico que vivemos? Nunca imaginei, que após me aposentar como professora de história, estivesse vivendo um período tão perigoso para o nosso país. Reflita sobre tudo o que escrevi, esclareça suas dúvidas e converse com a sua família. Cada um precisa fazer a sua parte nesse momento porquê eles estão com robôs divulgando fake news de toda natureza. O risco nesse momento, é o de validar um governo de extrema direita que se coloca como um enviado de Deus, um missionário contra os homens que resistem ao autoritarismo. Não esqueça que esse indivíduo era um homem pobre do interior de SP, foi expulso do exército e hoje tem um patrimônio que inclui 107 imóveis. A história foi marcada pelo extremismo e todos viram os resultados.


Eliana Raise

Formada em

- Ciências Políticas Sociais - IMES São Caetano;

- História - FAI - Faculdades Associadas do Ipiranga;

- Pedagogia - Uninove;

- Professora aposentada de história PMSP;

- Professora desde 1990;

- Coordenadora Pedagógica efetiva de São Bernardo do Campo.


440 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page