NOTA DA APROFFESP/APROFFIB EM APOIO À PROFESSORA ALVIRA SOARES RÊIS.


NOTA DA APROFFESP/APROFFIB EM APOIO À PROFESSORA ALVIRA SOARES RÊIS:

Assédio moral inaceitável!



Manifestamos o nosso apoio à professora Alvira S. Rêis, membro da Diretoria da APROFFESP e Diretora designada da E.E. Profa. Joanna Abrahão – DRE Sul - 1, que vem sofrendo assédio moral da Dirigente Regional de Ensino Sul – 1, Sra. Rosana Aguilera Garcia Barbosa, devido aos problemas que vêm ocorrendo na referida unidade escolar, a saber.

Segundo relatos, vídeos e fotos que recebemos, a citada escola está com sua infraestrutura comprometida por falta de cobertura em todo o telhado, o que ocasiona alagamentos dentro da mesma quando chove; além disso, a escola sofre constantes invasões de moradores de rua que dormem nos espaços da mesma, além de furtos de fiação, móveis, materiais diversos adquiridos com a verba do governo paulista (verba esta que não pode ser utilizada para obras estruturais), bem como sobras na APM da Escola, tais como tintas e outros materiais, que estavam sendo utilizados na pintura da unidade e ações contra o vandalismo. Para piorar, a escola não possui zeladoria há algum tempo, o que facilita a ação dos vândalos e invasores, o que tem aumentado com a crise econômico-social agravada com a pandemia da Covid-19.

A professora/Ex-Diretora Alvira nos informou que sempre procurou ajuda para minorar os problemas da escola que dirigiu, informando as autoridades competentes da situação precária da mesma, além de ter feito ações junto à comunidade no sentido de resolver os problemas de alagamento, invasões, furtos e vandalismo. Todavia, nos parece que os responsáveis e notadamente a Dirigente Regional não querem aceitar as causas geradoras dos problemas (causas raiz), fazendo relatórios e pressões com o intuito de culpar a Diretora, os professores/as e as funcionárias da escola, cujo número é insuficiente (somente dois para limpeza e um AOE), o que lamentavelmente acontece em grande parte das escolas da rede estadual de ensino devido à política de terceirização dos governos tucanos.

Enquanto recebemos essas denúncias, que não se restringem à E.E. Joanna Abrahão, o governo João Dória/Rossieli faz propaganda enganosa através da grande mídia, dizendo que reformaram ou estão reformando centenas de escolas, que a rede estadual está preparada e segue o protocolo ao receber os alunos para as aulas presenciais, mesmo durante o agravamento da pandemia. A realidade não é bem assim!

Ora, estamos vendo que os casos de contaminação de professores/as e alunos/as estão aumentando com a volta forçada das aulas presenciais, o que o governo não quer admitir, escondendo a gravidade do problema e iludindo a população, pois cedeu às pressões das escolas particulares da elite paulistana e dos empresários negacionistas que fazem coro com o governo de Jair Bolsonaro, o grande responsável por mais de 250 mil mortes pela Covid-19. A grande mídia faz vista grossa para a situação.

Reiteramos então nosso apoio à Professora/Ex-Diretora da E.E. Profa. Joanna Abrahão – Sul 1, Alvira Soares Rêis, e nos colocamos à disposição para sua defesa contra o assédio que vem sofrendo deste governo que desinforma, tira direitos e desqualifica o trabalho dos/as professores/as comprometidos com a Educação e a Vida.


• Volta às aulas presenciais somente com vacina e dignas condições de trabalho!


#ForaDória/Rossieli! #ForaBolsonaro/Guedes!




A P R O F F E S P & A P R O F F I B

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo