top of page

INTERVENÇÃO MATERNAL


Deobaldo Barbosa da Silva***


Foram às ruas

querendo fazer voltar

a intervenção militar.

Esse povo enlouqueceu

seus neurônios enrijeceram

totalmente sem noção.

Todos os seus "faladeiros"!

não refletem o pensamento

de todo o povo brasileiro.

Brasileiros são brava gente

lutaram pela democracia

pelo fim da ditadura

exigiram diretas já

no entanto,

foi loucura

eleger um presidente

que é defensor da tortura e da ditadura militar.

Grudado em uma religião

baseada no fundamentalismo

um perigo pra nação.

Em tudo, vê inimigos

sem motivo e sem razão.

Sem terem algum juízo

se apropriam dos símbolos

distorcem sua função.

Com o falso nacionalismo

enganando o povão

vivem no meio corrupto e falsamente pregam combater a corrupção.

Persistem para voltar

o totalitarismo

que na História recente

provisoriamente

essa doutrina venceu

matando negros e ciganos

exterminando judeus.

Nesse regime retrógado

perverso e conservador

só predominam as ideias

de um governo ditador.

Vou dizer a vocês

ainda nesse sistema

mulher não tem voz e vez

os índios são dizimados.

São contra os afrodescendentes

deixando-os às margens da História

assim tratam os ribeirinhos

e nossos irmãos quilombolas.

Adeptos do capitalismo

com metas de expansão

querem destruir o homem

incentivando as guerras

de nação contra nação.

As mulheres foram à luta

em grande manifestação

e o seu grito de guerra

clamavam por: ele não!

As mulheres bem sabem

onde aperta o calo.

A maioria de nosso povo

vive sem teto, sem escola e sem salário

não tem dignidade

porque lhe falta trabalho.

Elas só querem ver

seus filhos irem estudar

fazem o impossível

para economizar.

Portanto,

na história humana

para vencermos o mal

precisamos da ajuda

da intervenção maternal.

(Deobaldo Barbosa da Silva-Poeta Teólogo).

Publicado por editora Sarasvati em 2021 - Obra com o título: OS VERSOS SÃO O MEU UNIVERSO.

Gratidão a Vânia Clares pelas correções gramaticais.

158 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page