top of page

Dignidade menstrual é um direito, não favor!


Neusa Raineri ***

A Câmara Municipal-SCS recusou a proposta.


A conscientização sobre a dignidade menstrual emerge como uma pauta necessária. O debate liderado por organizações não governamentais, profissionais da saúde, educação e dos direitos humanos, destaca a importância de políticas públicas que assegurem o enfrentamento à condição de pobreza menstrual.


Em 2021, nosso mandato assumiu temporariamente a vereança e propôs o Projeto de Lei que prevê a universalização do acesso a absorventes higiênicos por todas as mulheres de São Caetano do Sul. Hoje, 14 de novembro de 2023, a Câmara Municipal recusou a proposta. No entanto, SEGUIREMOS LUTANDO! A dignidade menstrual não é apenas uma questão de saúde, mas também de igualdade e respeito pelos direitos fundamentais.


Essa LUTA FUNDAMENTAL não é apenas uma demanda feminina, mas uma expressão de solidariedade e compreensão das complexidades enfrentadas por mulheres e homens trans em sua jornada diária. Nesse contexto, a falta de recursos, os constrangimentos, absenteísmo escolar ou de trabalho, são vários os problemas que atingem mulheres e adolescentes em situação de pobreza e extrema pobreza.


A garantia de uma cidade mais justa e democrática é um direito de todas as meninas e mulheres, inclusive em relação à assistência menstrual, devendo abranger todas as classes sociais, mediante uma permanente política municipal de universalização do acesso a absorventes higiênicos, folhetos de orientação e conscientização etc.


A invisibilidade e estigmatização em torno da menstruação são questões que afetam milhões de mulheres em todo o mundo. Ao abordar esse tema, é crucial desmistificar tabus e garantir que todas as mulheres tenham acesso a condições dignas durante seu período menstrual.


Somente campanhas não bastam, São Caetano do Sul pode e deve instituir uma política pública permanente e inclusiva de acesso a absorventes para todas as mulheres!


🩸 SIGA O FLUXO: HIGIÊNE MENSTRUAL É UM DIREITO HUMANO!

🌻 Neusa Raineri – PSOL São Caetano do Sul

166 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 comentário


naoperes
naoperes
07 de dez. de 2023

Passou do tempo deixar de tratar a menstruação como tabu! Também é uma questão de saúde pública e assim deve ser vista. Não só o obsorvente tem que ser distribuído gratuitamente, como também é preciso que as meninas e mulheres recebam, pelo SUS, orientação!

Curtir
bottom of page