Como a família Joe Biden, O FMI/EUA Deram GOLPE DO SÉCULO NA UCRÂNIA...Heba Ayyad



Tô lendo aleatoriamente vários jornais de correntes socialistas e fico impressionado como até mesmo a nossa mídia alternativa se ilude nesse meandro da eleição americana... Há tempos sabemos por evidências substâncias, que os EUA não é governado por Presidentes da República...

Os EUA é uma plutocracia refém do corporativismo sionista da elite canal.. na reportagem a seguir veremos que ambas as asas desses pássaros de rapina, pertencem ao mesmo pássaro da família de lacaios...




Como a família Joe Biden, O FMI/EUA Deram GOLPE DO SÉCULO NA UCRÂNIA.


Nessa reportagem da mídia alternativa - The Gateway Pundit, vamos analisar como o clique da Mafia da Elite Cabal, e o inner circulo de mafiosos de alta elite, incluindo

Obama, Joe Bidens, Clintons, o banco FMI e outros, saquearam a Ucrânia e forçaram seus cidadãos a pagar preços excessivos de gás natural a 50% acima do mercado


O Gateway Pundit informou em agosto do ano passado que Paul Manafort está em isolamento por crimes que ele supostamente cometeu devido ao seu trabalho como lobista na Ucrânia anos atrás, antes de Donald Trump concorrer à presidência.


Yulia Tymoshenko concorre à reeleição na Ucrânia, ela perde e, assim como Hillary, Tymoshenko não perde graciosamente e promete #Resistir. Seu oponente vitorioso, Viktor Yanukovytch, a joga na prisão, embora muitos afirmam, a troco de acusações falsas.


De qualquer forma, devido a toda a publicidade negativa decorrente do desastre de Tymoshenko, Yanukovytch tentou reparar sua imagem perante o público, então contratou o lobista Paul Manafort, que então contrata a equipe de lobby de John Podesta.


O trabalho deles era fazer Yanukovytch parecer um cara realmente agradável para o público ucraniano, então Podesta leva Obama, Hillary Clinton e o Departamento de Estado de John Kerry a fazer operações fotográficas com Yanukovytch porque, os cofres do DNC precisavam ser preenchidos durante tempo de eleição, então tiveram que vender Yanukovytch como um ato de classe real para o público adorador.

Obama chegou ao ponto de declarar as eleições ucranianas livres e justas.


Mas adivinhe quem mais fez operações fotográficas com Yanukovytch?

Bob Mueller, o mesmo Mueller que agora está processando essas pessoas. O memorando de Rod Rosenstein disse que Mueller estava especificamente autorizado a investigar alegações de que Manafort "[c] omitiu um crime ou crimes decorrentes de pagamentos que ele recebeu do governo ucraniano antes e durante o mandato do presidente Viktor Yanukovych".


É claro que Mueller nunca se recusou da investigação fraudulenta Trump-Rússia devido a suas atividades na Ucrânia. Enquanto isso, Manafort apodrece na prisão por suas ações na Ucrânia, trabalhando com o gerente de campanha de Hillary Clinton, John Podesta. Mueller chegou a dar imunidade ao irmão de Podesta, Tony, durante sua corrupta "caça às bruxas".


Mas isso foi apenas uma pequena parte da corrupção e pilhagem da Ucrânia pelos líderes do Partido Democrata dos EUA. vai vendo...


Victor Pinchuk, um magnata do aço, cujo sogro, Leonid Kuchma, foi presidente da Ucrânia de 1994 a 2005, direcionou entre US $ 10 milhões e US $ 25 milhões para a fundação [Clinton]. Ele emprestou seu avião particular aos Clintons e viajou para Los Angeles em 2011 para participar da celebração de 65 anos de Clinton.

Famiglia unida..


Também sabe-se o oligarca Victor Pinchuk pode ter ajudado a desviar os fundos do FMI para a campanha presidencial de Hillary Clinton em 2016.


Além de ser doador da Fundação Clinton, Pinchuk também faz parte do Conselho Consultivo Internacional do Conselho Atlântico


O Conselho do Atlântico tem sido historicamente ativo na Ucrânia por meio de sua Iniciativa Ucrânia na Europa. Mais recentemente, em 19 de janeiro de 2017, o Atlantic Counsel anunciou uma parceria com a empresa ucraniana de gás natural Burisma Group.


Hunter Biden, filho do ex-vice-presidente americano Joe Biden, faz parte do conselho de Burisma. Aí e que as coisas, no tabuleiro, vão ficando claras..


Hunter Biden Também faz parte do Conselho Consultivo Internacional do Conselho Atlântico James Clapper, que atuou como Diretor de Inteligência Nacional de Obama. Curiosamente, Bongino descobriu que o diretor de tecnologia da "única empresa que investigou os hackers nos servidores da DNC e rapidamente determinou que eram os russos, é um membro sênior não residente em segurança cibernética" no Atlantic Council.

O nome dele é Dmitri Alperovitch (proprietário da CrowdStrike). ”


Assim, os Clintons, Obama, os Bidens, Mueller, os Podestas e o Conselho Atlântico estavam todos envolvidos na Ucrânia. Mas isso é apenas a ponta do iceberg. O FMI também teve relações obscuras com a Ucrânia relacionadas a esses mesmos democratas.


De acordo com a Wikipedia.


Em 28 de julho de 2010, o FMI aprovou um empréstimo de US $ 15,15 bilhões em 29 meses para a Ucrânia.

Entre outros fatores, isso levou a um aumento de 50% nos preços das concessionárias de gás natural das famílias em julho de 2010 para os consumidores ucranianos (uma demanda essencial do FMI em troca do empréstimo).


Em dezembro de 2013, o primeiro-ministro ucraniano, Mykola Azarov, declarou “as condições extremamente severas” de um empréstimo renovado do FMI (apresentado pelo FMI em 20 de novembro de 2013), que incluía grandes cortes no orçamento e um aumento de 40% nas contas de gás natural, havia sido o último argumento a favor da decisão do governo ucraniano de suspender os preparativos para a assinatura do Acordo de Associação Ucrânia-União Europeia em 21 de novembro de 2013.

A decisão de adiar a assinatura deste Acordo de Associação UE-Ucrânia levou [sic] a protestos em massa na Ucrânia.


Então, em 10 de dezembro de 2013, o Presidente Yanukovych declarou: “Certamente retomaremos as negociações do FMI.

Se houver condições que nos convém, seguiremos

esse caminho ”.

No entanto, Yanukovych também (mais uma vez) afirmou que as condições apresentadas pelo FMI eram inaceitáveis. “Tive uma conversa com o vice-presidente dos EUA, Joseph Biden, que me disse que a questão do empréstimo do FMI estava quase resolvida, mas eu disse a ele. que se as condições persistissem ...

Não precisávamos de tais empréstimos ”.


O GOLPE BILIONÁRIO - GOLPE DE ESTADO.

Em fevereiro de 2014, Yanukovych e Azarov foram removidos à força do poder (como resultado do golpe de acordo de associação pró-UE-Ucrânia) e substituídos pelo governo de Yatsenyuk.


Em março de 2014, o FMI exigiu que a Ucrânia reformasse os subsídios aos preços do gás natural para fornecer um pacote de ajuda no valor de cerca de US $ 15 bilhões.

Um dos efeitos esperados foi um aumento de 50% no preço do gás natural vendido a consumidores ucranianos domésticos.


O Markets Work informou que Hunter Biden foi colocado no conselho de Burisma depois que a funcionária do Departamento de Estado de Victoria, Victoria Nuland, e o embaixador dos EUA na Ucrânia, Geoffrey Pyatt, mantiveram uma conversa por telefone sobre a instalação de Arseniy Yatsenyuk no lugar do então presidente Yanukovych. Esta chamada ocorreu em ou antes de 4 de fevereiro de 2014.


Em 22 de fevereiro de 2014, Yanukovych foi removido como Presidente da Ucrânia e em 27 de fevereiro de 2014, Yatsenyuk foi instalado como Primeiro Ministro da Ucrânia. (Yatsenyuk renunciaria em abril de 2016 em meio a acusações de corrupção.)


Em 18 de abril de 2014, Hunter Biden (FILHO DO VICE PRESIDENTE DOS EUA) foi nomeado para o Conselho de Administração da Burisma - uma das maiores empresas de gás natural da Ucrânia. Então, em 22 de abril de 2014, o vice-presidente de Obama, Biden, viajou para a Ucrânia e ofereceu apoio e US $ 50 milhões em ajuda ao novo e instável governo de Yatsenyuk.


Como resultado de toda essa falcatrua e atividade, os Bidens conseguiram um lugar no Conselho de Administração de uma das maiores empresas de gás natural da Ucrânia, os Clintons receberam milhões de um oligarca ucraniano, o FMI obteve bilhões em empréstimos com a Ucrânia e o povo da Ucrânia ficaram sobrecarregados com preços excessivos do gás natural.

E aí está.

Heba Ayyad. Escritora, poeta e jornalista Palestina.

142 visualizações

@ 2020 ABC DA LUTA 

OS TEXTOS PUBLICADOS SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES