A FLOR AMARELA


Professor : Deobaldo Barbosa da Silva***




Estática, despercebida em dias normais.

Quem a observa mostra a sua anormalidade.

Entre as folhas de uma minúscula árvore,

destaca-se por causa de sua cor: amarela.

Embeleza a praça que se confunde com um jardim.

Majestosa fez-me parar e admirá-la.

Beleza de flor!

Ouço o canto do bem-te-vi.

Interrompido pelo ruído de uma motocicleta.

A visão contemplava outra espécie – a lavadeira.

A palmeira exibia sua cabeleira de várias cores.

Costumo elogiar o olhar dos poetas.

Mas, nesse instante, por intermédio dos meus olhos,

através de minha humildade poética.

Ofereço a miragem da magnifica flor amarela.


Deobaldo Barbosa da Silva-Professor e Poeta.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

FORÇA

FELICIDADE