A bandeira Wiphala representa a população originária dos andes e também a filosofia andina.


Por: Heba Ayyad.


Que a Bolívia nos sirva de exemplo, força e coragem, sobretudo, pela luta e voz dos povos originários em retomada e resistência contra o neocolonialismo.


É um processo de reconquista, não podemos retroceder!!!


Viva a Bolívia!!

Viva o Estado plurinacional!!!


A bandeira Wiphala representa a população originária dos andes e também a filosofia andina.


Cada cor presente na bandeira representa o conhecimento ancestral e a relação com a mãe terra e a espiritualidade.


Branco – o tempo e o espaço, a história cíclica;


Amarelo – força e energia que unem todas as formas de existência;


Laranja – a sociedade, a formação, educação e prática da expressão cultural,


Vermelho – a Mãe Terra, o mundo material e visível;


Violeta – a ideologia andina de comunidade e harmonia com tudo o que existe;


Azul – os fenômenos naturais, os espíritos e a energia cósmica;


Verde – a produção andina e as riquezas naturais, da superfície e do subsolo;


A Wiphala é uma fração da Chakana, vulgo cruz andina, também quadrada. Representa pontos cardeais, deuses e o mundo inferior, o mundo do meio e o mundo superior.


Viva sobretudo a dignidade de um povo que ama mãe natureza!!!


Heba Ayyad. Escritora e poeta e jornalista Palestina.

74 visualizações

@ 2020 ABC DA LUTA 

OS TEXTOS PUBLICADOS SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES